Fechar

Deixe seus dados abaixo que entraremos em contato para uma cotação.

Para você
Para sua empresa












Seguro patrimonial de empresa: questões cruciais que você precisa saber

Home Blog Seguro patrimonial de empresa: questões cruciais que você precisa saber
Compartilhe:

Como você já sabe, entre vários planos, o seguro patrimonial de uma empresa garante que os imprevistos em seu negócio sejam resolvidos de uma maneira rápida e eficaz. Logo, é um serviço fundamental em qualquer empreendimento, independentemente do tamanho.

Decidir contratar ou renovar um seguro patrimonial de uma empresa envolve graves consequências para a segurança de suas operações e para o desempenho financeiro a longo prazo.

Ao aderir um seguro patrimonial, muitas vezes o empresário não se atenta a alguns detalhes acerca do contrato. Portanto, muitos elementos passam despercebidos. Logo, o objetivo do artigo é mostrar alguns pontos que é de desconhecimento dos segurados. Veja:

O clausulado da apólice

Em vários casos, os clientes ou possíveis clientes podem receber uma proposta de seguro sem o clausulado da apólice a ser contratada estar anexado. Isso, devido a um erro cometido pelo corretor ou seguradora.

Para quem não conhece, o clausulado da apólice é o conjunto de condições em que um seguro será contratado e como ela vai operar.

Entrar em um contrato sem entender com precisão quais são os seus reais direitos e obrigações, pode ser algo grave e um causador de possíveis problemas. É a saúde financeira da sua empresa que está em jogo.

Dessa forma, exija as condições de seguro que são aplicáveis às propostas oferecidas. Pesquise, leia, tire dúvidas, pergunte e compare tudo de uma maneira bem minuciosa e criteriosa.

Fique atento, pois as condições podem variar de uma forma drástica, conforme cada seguradora. Priorize essas cláusulas:

– Riscos, eventos ou prejuízos cobertos.

– Riscos, eventos ou prejuízos não cobertos.

– Bens cobertos e não cobertos.

– Forma de indenização.

– Locais, áreas geográficas ou jurisdições cobertas.

Cláusula de rateio

Outro ponto fundamental que vale ser destacado é que existem duas formas de contratar um seguro patrimonial de uma empresa: com ou sem cláusula de rateio. Normalmente, isso estará expresso na cláusula de forma de indenização.

Explicar o que é rateio é fundamental. A determinação do custo, adequado de seguro em determinas coberturas, sobretudo a de incêndio e lucros cessantes, depende do valor total em risco envolvido. Assim, as seguradoras obrigam o segurado a declara-lo integralmente, independentemente do limite de cobertura que é desejado contratar.

No intuito de evitar que você, segurado, faça a declaração indevida de um valor em risco menor, a seguradora pode estabelecer a cláusula de rateio.

O rateio transforma a seguradora e o segurado em sócios proporcionais na eventual indenização de um sinistro.

Dessa forma, essa proporção é a relação entre o valor em risco declarado pelo segurado no momento da contratação do seguro. Além de ser também o valor em risco apurado pela seguradora no momento do sinistro.

Cláusula de valor em risco

Outra questão que você, empresário, deve ficar atento em relação ao seguro patrimonial é sobre o critério para declaração de valores em risco, estabelecidos no clausulado da apólice oferecida.

Uma dica valiosa: não tome a relação contábil de ativos como referência para a determinação de valores em risco. Logo, os valores contábeis são históricos e não refletem custos reais de reposição no mercado. Assim, elas também levam em consideração uma depreciação contábil que é útil somente ao cálculo de imposto de renda.

Portanto, a depreciação contábil não tem qualquer relação com a depreciação física por uso, estado de conservação e idade. Nela, o cálculo técnico é uma das referências para determinar o valor em riscos de bens.

Cláusula de limite de garantia

Em síntese, saiba também que a garantia de qualquer apólice de seguro é a indenização de danos sofridos pelo segurado. Ela possui alguns limites que são impostos pelas condições da apólice oferecida.

Um dos limites diz respeito a importância segurada ou limite máximo de indenização de cada cobertura contratada, que é de livre escolha em cada caso. Outro limite é quanto ao valor em risco. Nenhuma indenização pode ultrapassá-la.

Em conclusão, esses são alguns dos vários elementos que você precisa saber, antes de contratar um seguro patrimonial. Como já ressaltado, é a saúde da sua empresa que está em jogo. Portanto, antes de contratar, pesquise, analise, pergunte e tire as suas principais dúvidas. Saiba de todos os seus direitos e deveres. Evitar transtornos desde o início é algo primordial.

A Moreira e Medeiros se coloca a sua disposição. Entre em contato conosco através do nosso site. Estamos prontos para tirar a sua dúvida ou receber a sua sugestão!

Inscreva-se para novidades

Inscreva-se para novidades

Siga-nos nas redes sociais

Todos os direitos reservados a Moreira e Medeiros. Otimizado por Agência Dom | Marketing Digital.